Carta de princípios

Nós do Expresso Liberdade entendemos que os fundamentos sólidos de uma sociedade justa, livre, próspera e virtuosa, residem na compreensão e respeito a estrutura da realidade. Com efeito, é possível apreender daquilo impresso na natureza das coisas que:

A realidade é ordenada e transcende aos sentidos, tendo por origem e fim um Deus. O Qual reconhecemos como fonte de toda autoridade, por isso aceitamos sua omnipotência;

A ordem se antepõe ao caos e é a base da estabilidade social, a qual se estabelece como condição a paz, justiça e o progresso da comunidade;

O homem é dotado de razão e tem inscrito em si uma lei natural de onde deriva o direito natural, isso lhe assegura, dentre outras coisas, a vida, liberdade e propriedade, tal condição não pode ser usurpada por nenhuma pessoa ou governo;

Na sociedade o homem encontrou os meios mais apropriados para sua existência e desenvolvimento, e nela ao longo da história acumulou um patrimônio cultural base de todos costumes, leis, instituições, literatura, criando o que chamamos de civilização, e nos referimos especificamente a ocidental.   Tal legado é preservado ou avançado conforme as circunstâncias, por um processo orientado pela prudência que concilia o conhecimento do passado com as necessidades do agora e preocupação com as gerações vindouras;

A família é a célula da sociedade e raiz da educação;

A liberdade econômica é o arranjo mais justo e eficaz de criar e distribuir riqueza. Permitindo que homens de toda a sorte via trocas livres e voluntárias possam maximizar oportunidades para si;  e

O princípio de subsidiaridade, que decorre da autonomia e capacidade de indivíduos, famílias e instituições no geral tem de suprir suas necessidades, constitui um legítimo orientador da ordem social, especificamente no tocante ao papel de um governo.

Pular para a barra de ferramentas