Edições Nabuco lança revista de ensaios sobre a cultura brasileira

Surge uma excelente empreitada editorial, Edições Nabuco. Saiba mais no press realease abaixo:

Nabuco – Revista Brasileira de Humanidades é uma publicação trimestral de ensaios e artigos sobre a cultura brasileira e seu lugar no mundo, com especial ênfase em literatura, filosofia, história e sociologia. Publicada pela Edições Nabuco, seu primeiro número, que surge esta semana nas livrarias, será lançado em São Paulo (03/09), Rio de Janeiro (05/09) e São Luís (17/09).

A revista – Tendo à frente o jornalista Ronald Robson e o tradutor Pedro Sette-Câmara, Nabuco tem o propósito de compreender o que se produz de relevante na cultura brasileira. Propõe-se, por um lado, a dar continuidade aos chamados estudos brasileiros, na linha aberta por autores como Gilberto Freyre e Sérgio Buarque de Holanda, e, por outro, à crítica literária tal como praticada por Álvaro Lins, Augusto Meyer e Otto Maria Carpeaux. Sem saudosismos nem sectarismos, reflexões sociológicas e filosóficas mais amplas, de crítica ou apreciação geral da nossa condição de brasileiros, também serão contempladas em Nabuco.

Nabuco congregará, assim, nomes já reconhecidos dentro ou fora da academia e outros que estão a surgir, a fim de promover debates sobre temas culturais que hoje se impõem. O que há de original na proposta – nos limites possíveis e razoáveis do que se convenciona chamar de “originalidade” – é que, com Nabuco, pretende-se devolver aos brasileiros interessados nos altos estudos o que eles sempre tiveram à mão e não sabiam: grandes filósofos, escritores, poetas, ensaístas em bom e elegante português.

Primeiro número – Para o seu primeiro número, escolheu-se como tema de capa “Carta aberta à cultura brasileira” – isso, em razão de os textos principais desta edição tomarem por base certas condições da vida intelectual hoje no Brasil e sobre elas refletirem, com o que oferecem ao leitor uma espécie de cartão de visitas, de petição de princípio, daquilo a que Nabuco veio. É o caso do texto de José Carlos Zamboni, professor da Unesp-Assis, que mapeia a crítica literária brasileira contemporânea, apontando seus impasses e saídas, com uma avaliação não muito positiva. Já mais otimista é o panorama dos estudos de língua e literatura clássicas no Brasil delineado por Paulo Sérgio de Vasconcellos, professor da Unicamp.

capa_nabuco
Dia 13/09 lançamento em São Luís

Novas vertentes de estudo são abordadas, como a conjunção entre física do século XX e filosofia antiga, em artigo escrito em tom de depoimento por Raphael de Paola, professor de física da PUC-Rio. Aliás, tal tom é típico de Nabuco, que se pretende francamente contrária ao “impessoalismo intelectual”, conforme se lê no editorial da revista.

Como parte do projeto de revisão da bibliografia brasileira de Humanidades, este primeiro número chama atenção para dois autores: o escritor carioca Gustavo Corção (1896-1978), que tem seus três primeiros livros estudados por Antonio Fernando Borges, e o historiador mineiro João Camilo de Oliveira Torres (1915-1973), cuja obra Teoria Geral da História (1963) é apresentada ao leitor contemporâneo por meio da publicação de sua introdução e de um texto virtualmente esquecido, no qual o próprio João Camilo resenha seu livro então recém-publicado.

O primeiro número de Nabuco é ilustrada por um ensaio fotográfico produzido por Josias Teófilo: são 14 imagens retratando “O Recife de Joaquim Nabuco”, figura que a revista adotou como seu patrono.

Além de poder ser adquirida através de redes livreiras (Cultura, Saraiva e Travessa, por exemplo), Nabuco poderá ser adquirida via assinatura anual realizada através de seu site: www.revistanabuco.com.br

LançamentosNabuco tem três lançamentos agendados: dia 03/09, às 18h, em São Paulo (capital), na Livraria Cultura (unidade do Conjunto Nacional); dia 05/09, às 19h, no Rio de Janeiro (capital), na Livraria Cultura (unidade da Cinelândia); e dia 17/09, às 19h, em São Luís (MA), na Livraria Resistência Cultural (Av. dos Holandeses).

A editora – Edições Nabuco promove publicações alinhadas aos chamados estudos brasileiros, de modo a oferecer ao leitor títulos que lhe instiguem reflexões sobre o Brasil, sua alta cultura e sua posição frente à cultura universal. O primeiro título da editora é Nabuco – Revista Brasileira de Humanidades, uma publicação trimestral, à qual se seguirão outros títulos de estudos de história, sociologia, crítica literária e filosofia.

 

Informações adicionais

            Título: Nabuco – Revista Brasileira de Humanidades, nº 1,

agosto/setembro/outubro de 2014

            Autor: Ronald Robson e Pedro Sette-Câmara (editores)

Editora: Edições Nabuco, 2014

Valor: R$ 38

Detalhes técnicos: 180 págs, 22,5 x 17 cm, ilustradas com fotografias em p&b,

ISBN 978-85-68289-00-6

Lourival Souza é presidente do Instituto Expresso Liberdade, colaborador da Associação Cultural São Thomas More, graduado em gestão financeira, tem experiência no mercado de investimentos e educação, é mestrando em Economia Política pelo Swiss Management Center e ex-presidente da Federação Maranhense de Empresas Juniores.

Comments

comments

Lourival Souza

Lourival Souza é presidente do Instituto Expresso Liberdade, colaborador da Associação Cultural São Thomas More, graduado em gestão financeira, tem experiência no mercado de investimentos e educação, é mestrando em Economia Política pelo Swiss Management Center e ex-presidente da Federação Maranhense de Empresas Juniores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas